Novo comandante do 12º BPM Niterói-Maricá vai usar a inteligência

Fim do desabastecimento provocado pela greve dos caminhoneiros tudo volta ao normal pelo menos no Estado do Rio de Janeiro. As editorias de polícia dos meios de comunicação voltaram a noticiar assaltos, arrastões, explosões de caixas eletrônicas, estupros, latrocínios etc etc. Tem até na internet um vídeo mostrando um oficial da PM, dentro de uma viatura, perseguindo dois jovens numa moto que conseguiram fugir passando por uma “ponte de pedestres” frustrando a ação policial em Itaipuaçu, Maricá. Cenas dantescas como essas, que só servem para desmoralizar a polícia, deverão acabar. O novo comandante do 12º BPM, tenente-coronel Márcio dos Santos Guimarães promete usar a inteligência para combater a violência em Niterói e Maricá

O oficial assumiu o posto na terça-feira (29) no lugar do coronel Márcio Oliveira Rocha. A troca de comando aconteceu em meio a uma grande crise na segurança nos dois municípios, onde roubos de carros e estabelecimentos comerciais dispararam nos últimos meses.

 

Ao assumir o 12º Batalhão da Polícia Militar, Guimarães disse que sua prioridade será o foco nas operações de inteligência e na integração entre as polícias.

 

“Precisamos ter um trabalho de inteligência bem alinhado, uma boa integração com a Polícia Civil. A segurança passa por um momento muito sério e é preciso combater o problema na fonte. Só assim vamos conseguir melhorar a segurança da população”, afirmou.

 

O 12º BPM é responsável pelo policiamento não só de Niterói, mas também da cidade de Maricá. Apesar de abranger uma grande área, o efetivo do batalhão, 983 PMs, segundo ele é um dos maiores da Polícia Militar e suficiente para enfrentar a criminalidade de Maricá e Niterói.

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino