EXCLUSIVO - Angra dos Reis decreta estado de emergência por causa da greve

                                       Greve dos caminhoneiros ameaça o plano de segurança das usinas nucleares

 

O prefeito de Angra dos Reis, Fernando Jordão (MDB) vai decretar estado de emergência no município ainda na manhã deste sábado (26). Segundo ele, a greve dos caminhoneiros comprometeu o plano de evacuação em caso de acidente nas usinas nucleares de Angra dos Reis. Em contato com o Gabinete de Segurança Institucional, Jordão pediu prioridade para Angra no abastecimento de combustível assim que for liberada a saída dos caminhões das refinarias.

                                            Prefeito Fernando Jordão assinará o decreto agora pela manhã

 

Todos os postos de combustível de Angra dos Reis estão sem diesel, gasolina e etanol desde ontem (25). A zona de emergência para evacuação abrange basicamente os bairros do Frade, Mambucaba e Brachuí, onde moram cerca de 40 mil pessoas e estão num raio de 15 quilômetros das usinas nucleares de Angra dos Reis:

 

-- Estamos no momento com comprometimento grave do Plano de Seguranças das usinas nucleares. Se as sirenes tocarem, num caso de acidente, as pessoas não têm como se locomoverem de forma rápida porque não há combustível nos postos de abastecimento e o transporte público não pode ser usado porque as empresas de ônibus estão sem diesel.  Angra precisa ser tratada com prioridade quando a situação se normalizar, sobretudo na área próxima às usinas – apelou.

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino