Agentes da Intervenção Federal terão aulas na ECG/TCE-RJ

A Escola de Contas e Gestão do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (ECG/TCE-RJ) deu início, na manhã desta segunda-feira (21), ao ‘Programa de Capacitação em Administração Pública com foco em Controle Interno - Intervenção Federal no RJ'. Composto por 19 matérias, com carga horária total de 488 horas, o curso busca preparar civis e militares atores na Segurança Pública do Estado para questões administrativas que o Gabinete de Intervenção Federal enfrenta durante sua operação

fotos Ascom/TCE

O início do programa de capacitação atende a uma demanda proposta pelo próprio Gabinete de Intervenção Federal, que tem como uma de suas finalidades a implantação de unidades de controle interno em todos os órgãos sob seu comando. Considerando a importância do desafio, o conselheiro Rodrigo Melo do Nascimento, que representou na cerimônia a presidente interina Marianna Montebello Willeman, destacou, no discurso que inaugurou as atividades, a importância da integração de todos os órgãos estaduais.

"Trata-se de uma magnífica oportunidade de aperfeiçoamento que esses militares e civis têm à disposição. É o resultado do esforço conjunto para proporcionar conhecimento e formação nas atividades de controle. Cabe aos alunos difundir esse ensinamento por outros órgãos", disse Rodrigo. "É um tema de relevante interesse, e fundamental no auxílio às ações que trazem a paz e a tranquilidade que a sociedade fluminense tanto precisa".

O subchefe do Gabinete de Intervenção Federal, general Paulo Roberto Pimentel, enumerou as ações já executadas no Rio de Janeiro, e celebrou a parceria com a ECG/TCE-RJ.

"O controle interno é fundamental para a República, o nosso dia a dia e das Unidades da Federação", disse. "Essa é uma iniciativa acertada, que explicita o quão colaborativa é a atividade da Intervenção Federal. Vai muito além de colocar a tropa nas ruas. Queremos contribuir para melhorias estruturais na Segurança Pública".

Participaram das atividades de abertura, que contou com palestra proferida pelo auditor federal de Finanças e Controle da Controladoria Geral da União, Paulo Grazziotin, homens Corpo de Bombeiro Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ), Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) e Secretaria de Estado de Segurança (Seseg)