Felipe Auni diz que Estado não repassa verba para saúde de Maricá desde 2013

Após alguns parlamentares de Maricá terem participado da Marcha dos Vereadores em Brasília, na semana passada, e o ponto facultativo na segunda-feira (30), os vereadores retornaram nesta quarta-feira (02) para mais uma sessão ordinária na Câmara Municipal. Em pauta, mais uma vez, a oposição criticando a saúde do município, mas como sempre, encontrou argumentos fortes como contraponto do presidente da Comissão de Saúde, Turismo e Ambiente, o médico-vereador Dr. Felipe Auni (PSD)

 

                                                                                                                                                      foto divulgação

                                              Felipe Auni lembrou que tem cinco anos que o governador Pezão (MDB) não repassa a verba da UPA de Inoã

 

Em defesa da administração do prefeito Fabiano Horta (PT), Auni lembrou a ausência do governo do estado no encaminhamento de verbas para Maricá na área da saúde.

 

“Quanto à questão do repasse estadual, desde 2013 o Estado não repassa nada para o município. Desde 2013 a UPA é mantida pelo município e União. Não houve ação política nenhuma que resolvesse a questão de repasse estadual. Não houve verba, nem um centavo. A UPA – Unidade de Pronto Atendimento – de Inoã é mantida quase que 100% pelo município.”

 

Apesar da falta de recursos estaduais, a UPA de Inoã vem atendendo não somente os moradores de Maricá, mas como também de cidades vizinhas como Itaboraí e São Gonçalo que estão com a saúde agonizando na UTI. O Hospital Municipal Conde Modesto Leal, no Centro de Maricá, também vem atendendo os pacientes da região.

 

Segundo a prefeitura de Maricá o novo hospital que está construindo às margens da  RJ-106 (Rodovia Amaral Peixoto), em São José do Imbassaí, será referência não só na região, mas  em todo o estado do Rio de Janeiro.

 

Felipe Auni também pediu atenção quanto à presença de jovens traficando drogas nos arredores do Colégio Joana Benedicta, no Centro. Os vereadores Filippe Poubel (PSL), Rony Peterson (PR), Aldair de Linda (PT) afirmaram que já viram pessoas vendendo drogas no local. Chiquinho (PP) pediu a presença de viaturas da Polícia Militar. Frank Costa (SD) sugeriu ação conjunta entre PM e Prefeitura de Maricá.  Rony Peterson exigiu ação do Conselho Tutelar e Aldair solicitou a colocação de policiais do Serviço Reservado no local. “Sugiro a colocação de um P2 para descobrir onde é o foco.”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino