TSE decide que Cabo Frio terá nova eleição para prefeito

Por 7 votos a zero, o prefeito Marquinho Mendes (MDB) - foto - foi condenado agora a noite pelo colegiado do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Cabo Frio terá eleição para escolher o novo prefeito.

A relatora Rosa Weber considerou que Marquinhos estava inelegível quando concorreu a prefeito em 2016 e, portanto, não poderá seguirno cargo. Todos os ministros seguiram o voto da relatora.

Com a candidatura cassada, Marquinho Mendes e Rute Schuindt vão deixar os cargos de prefeito e vice, assim que a decisão do TSE for publicada e a Prefeitura e a Câmara Municipal notificadas.

Assim que o acordão for publicado, o presidente da Câmara de Cabo Frio, Aquiles Barreto (SD), deverá assumir como prefeito interino. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) terá então 90 dias para convocar nova eleição.