Ex-governador corrupto Sergio Cabral está de volta ao Rio

12.04.2018

Condenado a mais de 100 anos de prisão por corrupção, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro, o ex-governador Sérgio Cabral está de volta à Cidade Maravilhosa. Desembarcou sorridente porque ainda não tinha recebido a informação de que não voltaria para o presídio de Benfica, onde estão presos seus aliados Paulo Mello, Edson Albertassi, Hudson Braga e outros acusados de corrupção. Foi levado para o Complexo Penitenciário de Bangu

                                 Como todo bom bandido foi algemado nas mãos e pés em janeiro, mas o ministro Gilmar Mendes não gostou

 

Cabral ficou preso numa penitenciária de Curitiba, Paraná, por três meses, porque ficou constatado que nos presídios vip de Benfica e no de Bangu 8, no Rio, tinha privilégios. Nesta terça-feira (10), por 3 votos a 1, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou o retorno do ex-governador que agora ocupa uma cela na Cadeia Pública Pedrolino Werling de Oliveira, em Bangu 8, na Zona Oeste do Rio.

 

Por decisão do juiz Sergio Moro, Sergio Cabral não foi algemado nas mãos e nos pés como ocorreu em janeiro quando foi levado para Curitiba. O relator do caso no STF, ministro Gilmar Mendes determinou a instauração de investigação para apurar o uso de algemas durante a transferência do ex-governador para a capital paranaense.

 

Sergio Cabral está preso desde novembro de 2016 e ainda tem, até agora, mais 20 processos para responder.

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino