Defesa Civil de Maricá faz visita técnica ao Cemaden

10.04.2018

Com o intuito de trocar experiências na área de monitoramento e prevenção de desastres socioambientais, a Defesa Civil de Maricá realizou  uma visita técnica ao Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), em São José dos Campos (SP). A comitiva, composta por 19 profissionais de diferentes áreas, entre eles o secretário da Defesa Civil de Maricá, Luiz Carlos dos Santos e da coordenadora de Projetos Educacionais Comunitários, Andréia Pereira, aproveitou os dois dias do encontro para ampliar o intercâmbio, apoio técnico e o relacionamento institucional

 

                                                                                                                                                                                                                                     fotos divulgação

 Também foi possível conhecer o sistema de monitoramento e de emissão de alertas; a rede observacional; os programas e pesquisas para a redução do risco de desastres socioambientais, apresentados por coordenadores, pesquisadores e tecnologistas da Sala de Situação do órgão.

 

Segundo o coordenador técnico da Defesa Civil de Maricá, major Wellington Silva de Oliveira, responsável pela apresentação do Centro de Monitoramento Hidrogeológico e de Operações da Defesa Civil do município, é necessário o aprimoramento científico para a gestão de risco e dos impactos socioambientais e econômicos dos desastres. Major Wellington lembrou, durante a apresentação, que o município de Maricá possui uma população de 160 mil habitantes, com perspectivas de um grande aumento populacional, devido a construção de um porto marítimo prevista para daqui há dois anos.

 

“Temos participado da revisão do Plano Diretor Municipal, no mapeamento das áreas de risco geo-hidrológico e as perspectivas de aumento da população urbana e, consequentemente, a possibilidade de aumento da vulnerabilidade”, afirmou Wellington. “Nossa preocupação é aprimorar a gestão de risco de desastres, focando mais na prevenção e redução desses riscos”, frisou.

 

Vale destacar que recentemente, a Prefeitura de Maricá ampliou o corpo técnico da Defesa Civil Municipal, integrando especialistas da área de geologia, geodinâmica, hidrologia, meteorologia, engenharia civil e analista de sistema para a implantação do centro de monitoramento no município.

 

O coordenador-geral de Operações e Modelagens do Cemaden, Marcelo Seluchi falou sobre a importância de um diálogo e de uma comunicação continua entre o Cemaden e as Defesas Civis no processo de monitoramento e alerta de risco de desastres socioambientais. “O intercâmbio de conhecimentos das áreas vulneráveis e dos conhecimentos científicos são fundamentais para as ações voltadas à prevenção e à redução do risco de desastre”, analisou o coordenador.

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino