Petrópolis avança na desburocratização dos serviços

08.04.2018

De 11 cidades, Petrópolis é a segunda melhor em avaliação do Sebrae. A soma de desburocratização de serviços por parte da Prefeitura já vem dando resultados em novos negócios – e a rapidez na abertura das empresas  - e colocou o município em segundo lugar entre as Cidades Empreendedoras, uma disputa realizada pelo Sebrae

 

                                                                                                                                            fotos divulgação

 A Cidade Imperial começou em último lugar entre 11 municípios e mostrou, em 15 meses de gestão, iniciativas como o Alvará OnLine, que deixaram os serviços mais ágeis. O esforço integrado de várias áreas do governo pela desburocratização está fazendo a diferença. Petrópolis, em 15 meses somou 1.045 novos negócios entre empresas e empreeendedores individuais, já emitou 240 alvarás on line em três meses e passou a permitir atividades de baixo impacto com mais facilidade no Centro Histórico.

 

“Todo o governo opera integrado nestas ações com o objetivo de tornar a cidade cada dias mais atrativa e ter emprego e renda, vencendo a crise”, afirma o prefeito Bernardo Rossi (MDB). As metas vão ao encontro do game “Cidades Empreendedoras”, iniciativa do Sebrae desenvolvida em 11 municípios do Estado com o objetivo de engajar a gestão pública e lideranças locais, através do um game, para que sejam criadas e implantadas políticas públicas voltadas para micro e pequenas empresas, melhorando assim o ambiente empresarial das regiões. Petrópolis iniciou a participação, em julho de 2017, em último lugar e fechou o game em segundo lugar. Em primeiro ficou o município de Friburgo e em terceiro, Volta Redonda.

 

Um exemplo da desburocratização é o serviço de emissão de alvarás on-line: desde a sua implantação, em novembro, 249 alvarás já foram emitidos, segundo a JUCERJA – Junta Comercial do Rio de Janeiro. Com o novo sistema, 44 novos negócios foram abertos em apenas 72 horas e 6 empresas levaram apenas 24 horas para receber autorizações e iniciar funcionamento. Antes do sistema o empresário precisava esperar mais de duas semanas para obter a documentação.

 

“A palavra de ordem é receber os empresários de braços abertos em todos os setores, e facilitar o acesso da população aos serviços oferecidos pela prefeitura. Por isso, a participação de Petrópolis no game foi tão satisfatória. Estamos muito felizes com o resultado e continuamos estudando as ações que devem ser implantadas pelo governo municipal para que a desburocratização se torne cada vez mais uma realidade no município. Agradecemos o apoio do Sebrae e demais instituições que trabalham em conjunto com a prefeitura para esse fim”, considera o prefeito Bernardo Rossi, ao das equipes do Sebrae e da Prefeitura.

 

“Petrópolis e a equipe de secretários e servidores que atuaram no Programa estão de parabéns. É um excelente resultado em tão pouco tempo de trabalho. Continuamos em frente porque acredito que Petrópolis ainda tem muito no que se destacar”, avaia Claudia Pacheco, coordenadora regional do Sebrae \ RJ.

 

Na página da prefeitura na Internet - www.petropolis.rj.gov.br  - o empresário acessa o site da Jucerja (www.jucerja.rj.gov.br) e o Regin.  Através do sistema, o empresário vai realizar a consulta de viabilidade. Após o deferimento será permitida a constituição da empresa segundo os órgãos atrelados ao sistema. Após esse trâmite, em alguns casos, o alvará é emitido em até 24 horas.

 

 

 

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino