Iguaba Grande: prefeita tenta esvaziar manifestação na Lagoa de Araruama

Centenas de pessoas participaram do abraço simbólico à Lagoa de Araruama, em Iguaba Grande, no último domingo, 1º de abril. O objetivo foi chamar a atenção das autoridades para o despejo de esgoto e a preservação ambiental. Na internet, correligionários da prefeita Grasiella Magalhães (PP) tentaram sem sucesso desqualificar a manifestação

"Oh Grasiella, cadê você? Eu vim aqui no pra te ver", gritavam os manifestantes que caminharam até a Estação de Tratamento de Esgoto e fecharam o trânsito da Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106), em frente a sede da Prefeitura.

Participaram do ato, vereadores oposicionistas e representantes da concessionária Prolagos, que deu explicações sobre o contrato e o sistema de tratamento de esgoto em Iguaba Grande.

Segundo moradores do município, o esgoto é despejado no Rio Salgado e as bombas não têm capacidade para retirar os dejetos mais pesados que vão para o fundo. Com as chuvas fortes e comportas abertas, a água poluída vai direto para a Lagoa de Araruama, levando toda a lama de esgoto causando o impacto ambiental.

"O cheiro aqui é insuportável. Os peixes entravam no Rio Salgado para desovar, mas com as comportas abertas isso não é possível. A poluição está acabando com a lagoa, afastando os turistas, prejudicando o comércio, principalmente os restaurantes porque ninguém consegue comer com esses cheiro insuportável", disse um morador .

A concessionária Prolagos que nunca foi advertida e muito menos multada pela prefeitura, é responsável pelo saneamento básico dos municípios de Cabo Frio, Búzios, Iguaba Grande, Arraial do Cabo e São Pedro da Aldeia.