Maricá: vereador Felipe Paiva quer módulos de segurança com agentes armados

Mais uma vez a segurança  pública foi motivo de debate na Câmara de Vereadores de Maricá. Na sessão ordinária desta quarta-feira (15), o discurso mais contundente, sem demagogias, foi do governista que está no seu primeiro mandato, Felipe Paiva (PCdoB). O vereador está preocupado com o crescimento da violência na cidade, após a decretação da intervenção federal na segurança do Estado do Rio de Janeiro

                                                        Vereador Felipe Paiva quer módulos de segurança com agentes armados

 

Referindo-se ao PROEIS, programa do Estado em parceria com a Prefeitura, Paiva foi incisivo.

 

"O PROEIS está batendo cabeça. Tem que trabalhar em conjunto com a Polícia Militar. Para que serve o módulo de segurança sem policial? Só com um agente desarmado?".

 

Os módulos que Felipe Paiva se referiu foram instalados nas entradas e saídas da cidade, formando um cinturão de bloqueio de segurança  por parte das equipes do PROEIS, que são formadas por PMs que nos dias de folga na corporação trabalham com remuneração da Prefeitura. Cada módulo tem ar condicionado, banheiro e radio de comunicação e mais uma viatura. Hoje os módulos ficam vazios ou então com apenas um servidor desarmado.

 

"Faço parte da base de sustentação do governo, a ideia do prefeito Fabiano Horta (PT) é boa, mas tem que andar. Gostaria que 20 módulos fossem instalados em Itaipuaçu, mas com agentes armados porque os bandidos não estão para brincadeira", concluiu o mais jovem vereador maricaense Felipe Paiva.

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino