Seminário da EMERJ fará paralelo das operações Lava Jato e Mãos Limpas

13.03.2018

A Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (EMERJ)

reunirá especialistas e estudiosos no tema corrupção e impunidade para debater o

assunto nos dias 16 e 23 de março, com entrada franca

 Para palestra de abertura, no dia 16 de março, o procurador de Justiça do Ministério Público do Paraná (MP/PR) Rodrigo Chemim traçará um paralelo entre aOperação Mão Limpas , ocorrida na Itália e considerada o maior escândalo de corrupção político-empresarial daquele país, com a Operação Lava Jato, operação de grande repercussão no Brasil. Rodrigo Chemim é autor do Livro “Mãos Limpas e Lava-Jato – A corrupção se olha no espelho”.

 

Participarão também do encontro, o procurador de Justiça do MP/RS Fábio Costa Pereira que apresentará o painel “A Lava-Jato e a Teoria dos Jogos” e o promotor de Justiça do MP/RJ Alexander Araujo de Souza, que abordará a “Corrupção Como Ameaça à Democracia e Estratégias de Enfrentamento à Corrupção”.

 

No dia 23 de março, o tema “A Lava-Jato e suas perspectivas” será conduzido pelo procurador da República do Ministério Público Federal do Paraná (MPF/PR) Roberson Henrique Pozzobon. O também procurador da República do MPF/RJ, José Augusto Simões Vagos apresentará o painel “Novos Instrumentos de Combate à Corrupção e Impunidade”. A palestra tratará dos instrumentos que podem ajudar o Brasil a melhorar seu posicionamento, que, hoje, ocupa o 96° lugar no ranking da corrupção mundial divulgado pela entidade Transparência Internacional.

 

Ainda durante o encontro, o promotor de Justiça do MP/RJ Leonardo Cuña discorrerá sobre a “História e Economia da Corrupção” e o procurador do MP/RJ Marcelo Monteiro falará sobre os “Comentários ao Projeto de Abuso de Autoridade”.

 

Mais informações:

http://www.emerj.tjrj.jus.br/paginas/eventos/eventos2018/corrupcao-e-impunidade.html

 

 

 



 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino