Procon autua sete hotéis em Ipanema e Copacabana

Operação Esquentando os Tamborins

vistoriou nove estabelecimentos

O Procon Estadual realizou, nesta terça-feira (16), uma nova etapa da Operação Esquentando os Tamborins. A ação, que visa o período de grande movimento para a rede hoteleira, vistoriou nove hotéis, nos bairros de Copacabana e Ipanema, na Zona Sul do Rio, e autuou sete deles.


Um problema recorrente observado pelos fiscais foi a ausência de cartazes informativos obrigatórios. O Arena Ipanema Hotel, localizado na Rua Francisco Otaviano, 131, em Copacabana, e o Hotel Vermont (Avenida Visconde Pirajá, 254, Ipanema) , por exemplo, não exibiam em locais de fácil visualização os cartazes do Disque 180 (telefone para denunciar casos de violência contra a mulher), do Disque 151 (contato do Procon), e o de combate à exploração sexual infantil, (“diga não ao turismo sexual”).


Outra irregularidade encontrada foi a ausência de quarto adaptado para portadores de necessidades especiais nos hotéis Mercure Arpoador (Rua Francisco Otaviano, 61, Copacabana), e San Marco, localizado na Avenida Visconde de Pirajá, 524, Ipanema.


Não foram encontradas irregularidades nos hotéis Praia Ipanema Hotel (Avenida Vieira Souto, 706, Ipanema) e Everest (Rua Prudente de Morais 1.117. Ipanema).



Balanço da Operação Esquentando os Tamborins:


1 - San Marco (Avenida Visconde de Pirajá, 524 – Ipanema): Ausência de quarto adaptado para portadores de necessidades especiais.


2 - Arena Ipanema hotel (Rua Francisco Otaviano, 131– Copacabana): Ausência dos seguintes cartazes em local de fácil visualização: Disque 180 (violência contra a mulher), Disque 151 (Procon), crimes e penas da exploração sexual infantil, “diga não ao turismo sexual”, informativo de preços, informação sobre hospedagem de crianças desacompanhadas e cartaz informando sobre o Livro de Reclamações.


3 - Mercure Arpoador Hotel (Rua Francisco Otaviano, 61 – Copacabana): Ausência de quarto adaptado para portadores de necessidades especiais. Fornecimento de preservativos apenas na recepção e não nos quartos, conforme determina a lei. Ausência de folhetos explicativos sobre doenças sexualmente transmissíveis (DST's) afixados nos quartos.


4 - Hotel Vermont (Avenida Visconde de Pirajá, 254 – Ipanema): Ausência de acessibilidade no hall de entrada para o elevador. Ausência dos seguintes cartazes em local de fácil visualização: Disque 180 (violência contra a mulher), Disque 151 (Procon), crimes e penas da exploração sexual infantil, “diga não ao turismo sexual”.


5 - Golden Tulip Ipanema Plaza (Rua Farme de Amoedo, 34 – Ipanema): Ausência do certificado do Corpo de Bombeiros.


6 - Augustus Hotel (Rua Bolívar, 119 – Copacabana): Fornecimento de preservativos apenas na recepção e não nos quartos, conforme determina a lei. Ausência de folhetos explicativos sobre DST's afixados nos quartos.


7 - Atlântico Rio (Rua Xavier da Silveira, 112 – Copacabana): Ausência do certificado de potabilidade de água.