Maricá: trabalho preventivo de limpeza de rios e canais contra temporais surte efeito

Apesar do temporal que atingiu Maricá na noite de segunda-feira (15) – 43 milímetros de chuva em 1h30, o que é considerado um volume grande – os estragos na cidade não foram maiores por conta da limpeza preventiva de rios, córregos e canais, e o alargamento da rede de drenagem realizado em junho do ano passado em vários pontos da cidade - incluindo a rodovia RJ-106 - pela Secretaria de Obras. O prefeito Fabiano Horta (PT) acompanhou todo o trabalho madrugada

fotos Clarildo Menezes

Rio Bambu em Itaipuaçu


Nesta terça-feira (16), 50 funcionários da secretaria foram disponibilizados para o auxílio ao trabalho de limpeza. Foram empregados sete caminhões, duas retroescavadeiras e seis escavadeiras para limpeza dos rios Mumbuca e Caju, na região central, e do rio Bambu, próximo ao condomínio do Minha Casa Minha Vida de Itaipuaçu, além da lagoa Brava, na altura da Rua 128 também em Itaipuaçu.

Cerca de 300 homens da Secretaria de Conservação fizeram a retirada de 114 árvores das vias em regiões como Itaipuaçu (entrada do MCMV e Serra da Tiririca), Bananal, Rua 90 em Cordeirinho, Centro, Parque Eldorado, Parque da Cidade, Pedreira, Flamengo, Nova Metrópole, Bairro da Amizade, Caju, Jacaroá e Gamboa. Os ventos fortes que chegaram a 80 km/h. Não houve feridos ou desalojados. O prefeito Fabiano Horta (a esquerda) acompanhou o trabalho das equipes. (foto WhatsApp)


A operação de dragagem e limpeza dos canais, que vem sendo realizada desde o início do ano passado, continuou hoje, com máquinas atuando em pelo menos quatro pontos do município.