Governo de Maricá inicia 2018 com mais de 70% de aceitação popular

Único prefeito petista a administrar uma das 92 cidades do Estado do Rio de Janeiro, o ex-deputado federal Fabiano Horta fechou o ano de 2017 com 73,8% de aceitação popular. A informação é de um dos mais importantes sites de Maricá, o MaricaInfo, que fez uma enquete nos últimos dias de 2017, ano que a maioria dos municípios fluminenses mergulhou na mais profunda crise financeira-econômica graças a má gestão de seus prefeitos

fotos Agência GBNEWS

Maricá fica próxima do Rio, capital do Estado, e faz divisa com Niterói e São Gonçalo, na Região Metropolitana II

Segundo a enquete do MaricaInfo, 18,3% acharam a administração de Horta ruim ou péssima, 48,4% ótima, 25,4% boa, 12,3 ruim, 7,9% média e 6% péssima.

Para os internautas, o governo Fabiano Horta (foto) evoluiu mais nos quesitos: Segurança Pública (31,3%); Mobilidade Urbana (28,6%); Turismo (17,1%); Saneamento Básico (7,5%); Saúde (6,7%); Educação (4,4%) e Meio Ambiente (4,4%). A evolução nas áreas de segurança e mobilidade se dão pelos investimentos no PROEIS e módulos de segurança, nas sinalizações e padronização de calçadas, com acessibilidade.


Entre as áreas que mais carecem de investimento, os internautas escolheram as áreas de Saúde (47,2%); Saneamento Básico (22,2%); Segurança Pública (10,7%); Mobilidade Urbana (8,3%); Educação (7,1%); Turismo (2,8%) e Meio Ambiente (1,6%).


A área da saúde foi o quesito mais cobrado pelos internautas. O novo hospital municipal que está sendo construído as margens da RJ-106 em São José do Imbassaí será inaugurado neste ano. Nesse seu primeiro ano de governo, Fabiano Horta entregou modernos postos de saúde nos condomínios Minha Casa Minha Vida de Inoã e Itaipuaçu, beneficiando cerca de 12 mil pessoas, reinaugurou o posto de saúde 24 horas de Santa Rita, no Jardim Atlântico (maior loteamento urbano da América Latina), e inaugurou o Posto de Santa Paula.