Riotur eleva para 3 milhões previsão de público no réveillon de Copacabana

Montado esquema especial de transportes para permitir o acesso de cariocas

e visitantes de todas as partes do mundo para assistir shows com Frejat,

escolas de samba, Anitta e a tradicional queima de fogos

A prefeitura do Rio de Janeiro e os órgãos envolvidos no planejamento do Réveillon de Copacabana preveem o maior público da história para a queima de fogos deste ano. Segundo o presidente da Riotur, Marcelo Alves, são esperados 3 milhões de pessoas na orla do bairro, uma expectativa 50% maior que a dos anos anteriores, quando se estimava público em torno de 2 milhões.


Para receber este público recorde, a prefeitura montou um esquema especial de trânsito para que todos possam comemorar a virada do ano sem dor de cabeça.


Para acessar a área do evento em Copacabana, a Secretaria Municipal de Transportes (SMTR) recomenda a utilização de transporte público coletivo regulamentado, bicicleta ou o deslocamento a pé.


O bairro de Copacabana é atendido por quatro estações de metrô e por diversas linhas de ônibus vindas de várias regiões da cidade, que poderão acessar o bairro de Copacabana somente até as 22h. Após o evento, os usuários de ônibus deverão se dirigir às áreas de embarque que serão criadas na Enseada de Botafogo e em Ipanema.


Metrô

Para voltar para casa, as melhores opções são as estações Cardeal Arcoverde, Siqueira Campos, Cantagalo, General Osório e Jardim Oceânico. O Metrô Rio recomenda que os usuários que estiverem em Copacabana priorizem, na viagem de ida e de volta, a estação Siqueira Campos. As demais estações das Linhas 1, 2 e 4 funcionarão apenas para desembarque entre meia-noite e 7h.


O Metrô Rio montou um esquema especial com venda antecipada dos bilhetes para utilização em horários pré-determinados. As estações para venda até 29 de dezembro são: Pavuna, Uruguai, Carioca, Central, Glória e Jardim Oceânico.


As bilheterias vão funcionar das 10h às 21h em todas essas estações. Já no sábado e no domingo, dias 30 e 31 de dezembro, os cartões especiais serão vendidos apenas na estação Carioca.