Niterói Mais Segura tira oito criminosos das ruas de Icaraí

22.12.2017

Programa completa uma semana de

trabalho em Icaraí com saldo positivo

A operação Niterói Mais Segura completa nesta sexta-feira (22) uma semana de atuação em Icaraí com um saldo positivo. Foram presos oito homens com mandados de prisão expedidos pela Justiça, um preso em flagrante por furto e um menor apreendido. Um carro roubado também foi recuperado pelos agentes. O programa, custeado pela prefeitura de Niterói, segue os moldes das Operações Segurança Presente, que funcionam atualmente nas regiões da Lagoa Rodrigo de Freitas, Aterro do Flamengo, Méier, Lapa, Copacabana e Centro, na cidade do Rio de Janeiro.

 

Em janeiro, o Niterói Mais Segura será estendido para o Centro, Ingá, Jardim Icaraí e Fonseca. Em Icaraí são 100 homens trabalhando diariamente, divididos em grupos de três agentes – dois policiais militares e um agente civil. Os PMs atuam em seus dias de folga na corporação. O agente civil tem a função de apoiar e filmar as operações. Quando chegar aos outros quatro bairros, o Niterói Mais Segura alcançará seu efetivo máximo de 302 homens diariamente nas ruas reforçando as forças de segurança na cidade.

 

Fora da capital, Niterói é a primeira cidade a implantar o Niterói Mais Segura. O prefeito Rodrigo Neves (PDT) disse que a inciativa é mais uma forma de colaboração para a redução dos índices de criminalidade na cidade diante da crise que o Governo do Estado atravessa.

 

“Em Niterói os índices de criminalidade são menores que em outras cidades da região metropolitana, mas são preocupantes mesmo assim. O início do Niterói Mais Segura significa praticamente dobrar o efetivo da polícia na região, nas ruas. Isso vai permitir que os efetivos regulares da Polícia Militar possam atuar em outras regiões da cidade, onde também é preciso uma ação mais ostensiva, como a Região Oceânica”, disse o prefeito.

 

Segundo o capitão David Costa, coordenador da operação Niterói Mais Segura, o projeto é muito mais do que um reforço na segurança de Niterói. Para ele os agentes devem ter consciência de que ações sociais e atenção aos moradores e frequentadores também fazem parte deste trabalho.

 

“A responsabilidade dos nossos agentes é muito grande. Nós protegemos e servimos a sociedade, transformando os bairros através da nossa atuação. A essência de polícia cidadã faz a diferença”, afirmou capitão David, que já coordenou a Operação Centro Presente.

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino