Maricá dá primeiro passo para implantar um novo modelo de saúde básica

O presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal, Dr. Felipe Auni (PSD) e a secretária municipal de Saúde, Simone Costa, se reuniram com o ex-secretário de Saúde do Rio, Daniel Soranz, especialista em medicina de família e responsável pela implantação do Programa Saúde Presente na capital fluminense

Da direita para a esquerda, Felipe Auni, Simone Costa, Daniel Soranz e a equipe da saúde de Maricá

“Parabéns ao prefeito Fabiano Horta (PT) e a Simone pelo avanço para termos uma saúde modelo. Brevemente todos irão ver e poderão usufruir dessas mudanças na qual hoje eu estou acompanhando em seu planejamento”, disse o médico-vereador Auni, elogiando a atuação da secretária que vem desenvolvendo ações efetivas para dar atendimento médico de qualidade a população que recorre ao hospital e postos de saúde da cidade.

Soranz (foto) foi responsável por formular e executar a política municipal de saúde do Rio, com o desafio de criar condições necessárias para promoção, prevenção e assistência em saúde melhorando a qualidade de vida da população carioca.


No Rio de Janeiro, Daniel Soranz participou da criação do programa Saúde Presente que elevou a cobertura de saúde da família de 3,3% para 70% com a construção de 115 clínicas da família e implantação de 1280 equipes de saúde da família.


Com esse programa, o médico sanitarista foi condecorado com as medalhas Pedro Ernesto (Câmara Municipal do Rio) e Tiradentes (Assembleia Legislativa do Rio), e o prêmio Bertrand Edward Dawson Gestor de Destaque na Área da APS/MFC Brasil.


Além do Dr. Felipe Auni e Simone Costa, participaram da reunião com o médico sanitarista Daniel Soranz, integrantes da equipe de Atenção Básica e Planejamento da Secretaria Municipal de Saúde de Maricá.