Friburgo tem seminário sobre diversidade e políticas públicas

O Centro de Cidadania LGBT Serrana – Hanna Suzart – ​ ​órgão da Secretaria de Assistência Social da Prefeitura Municipal de Nova Friburgo e do programa estadual Rio Sem Homofobia, em parceria com a Pró-Reitoria de Extensão da Universidade Federal Fluminense (UFF), promove seminário amanhã (8), e sábado (9). O​​ ​objetivo é refletir sobre questões relevantes das minorias, potencializado o seu olhar com o conhecimento acadêmico e da militância sobre os temas direitos humanos, diversidade, gênero, cultura afro-brasileira e políticas públicas, além de contribuir na construção de uma sociedade com valores para uma convivência de respeito às diversidades e consciência de um ser humano plural

Nova Friburgo a Suíça brasileira


Serviços de atendimentos à população LGBT da região Centro Norte-Fluminense são prestados pelo Centro de Cidadania LGBT Serrana – Hanna Suzart, que já conta com dez anos de atuação, dialogando com a sociedade​, ​colocando questões relevantes das minorias, oportunizando o debate com o conhecimento acadêmico e a equipe técnica especializada do programa estadual Rio Sem Homofobia.

A Pró-Reitoria de Extensão da UFF participa do seminário por meio dos projetos de extensão Laboratório de Psicanálise, Política, Cultura e Estudos de Gênero, coordenado pela professora Barbara Breder, e ​”​Por que também temos que falar de violência?​”​, coordenado pela professora Paula Land.

A programação do seminário conta com professores da UFF, Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf) e representantes locais que promoverão um intercâmbio de informações entre diferentes segmentos da sociedade. Haverá emissão de certificado para os participantes​. ​Mais informações ​podem ser obtidas ​pelo telefone 2523-7907 ou pelo e-mail friburgo.lgbt@gmail.com​.


​Confira a programação:


Dia 8​:

​17h ​-​​ ​abertura / recepção; 17h30 – cerimônia​ ​/ mesa de abertura; 18h ​-​​ ​conferência “Frente sobre Direitos Humanos é para todas e todos: diálogos em defesa da diversidade religiosa, de gênero e de combate a violência; 20h ​-​​ ​exposição de fotografias “Retratos de Resistências”; e 21h ​-​​ ​encerramento​.​​


Dia 9

9h -​ ​ ​credenciamento; 9h30 ​-​​ ​exibição do documentário “Prepara Nem” – coprodução: Canal Futura; 10h ​-​​ ​mesa “Direitos Humanos, Gênero e Resistência”; 12h ​-​​ ​intervalo; 13h30 – mesa “Direitos Humanos, Cultura Afro-brasileira e Racismo”; 15h30 -​​ ​mesa “Políticas Públicas Municipais e Propostas para 2018”; 17h ​-​​ ​mesa de encerramento “Direitos Humanos, Gênero e Cultura Afro-Brasileira”; e 18h30 ​-​encerramento.