Prefeitura de Arraial do Cabo não tem dinheiro para pagar o 13º salário

Secretário de Administração pretende quitar

folha de outubro até o próximo dia 15

Cidade turística da Região dos Lagos está com os cofres vazios

O secretário de Administração de Arraial do Cabo, Luiz Cláudio Leal Barreto deu uma péssima notícia aos servidores municipais. Ele não sabe quando poderá pagar o 13º salário.


“Na minha visão, o 13º salário é lei e será pago. Estamos correndo atrás, empenhados em conseguir os recursos e aumentar as receitas. A vontade do prefeito é que nem atrasasse o pagamento”, comentou Kall, como o secretário é conhecido na cidade.


Sobre os atrasos salariais, o secretário afirmou que a expectativa é quitar a folha do mês de outubro até a próxima quarta-feira, dia 15. Contudo, afirma que os profissionais da Educação terminaram de receber no quinto dia útil do mês, graças à verba do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).


Mais complicada é a situação dos servidores comissionados, muitos com salários de mais de R$ 2 mil. Nesse caso, o atraso salarial chega a dois meses. O secretário reconhece o cenário e diz que cortes serão necessários.


“A gente dá prioridade aos salários mais baixos. Mas vamos ter que fazer dispensas por causa do limite de 54% da Lei de Responsabilidade Fiscal, o que nos preocupa, para colocar a casa em dia”, disse o secretário.


Atualmente, a prefeitura conta com cerca de 3 mil funcionários. Para Kall, o ideal é trabalhar com um número entre 2.500 e 2.600. A folha salarial precisa baixar dos atuais R$ 5,3 milhões para R$ 4,5 milhões. Uma queda acentuada, mas que será feita de forma gradativa.


Antes de chegar à Administração em setembro, Kalil, passou por outros setores da atual gestão, como a Empresa Cabista de Desenvolvimento Urbano e Turismo (Ecatur), que entrou em liquidação e a Empresa de Saneamento de Arraial (Esac).