Cratera na BR-040 derruba imóvel e Defesa Civil evacua casas e escola em Petrópolis

07.11.2017

Prefeitura de Petrópolis vai acionar na justiça

a concessionária que administra a rodovia

 

                                                                                                          fotos Rogério de Paula/intertv

Quarenta e cinco casas e uma escola foram evacuadas na tarde desta terça-feira (7), depois que uma cratera se abriu e derrubou um imóvel na Comunidade de Contorno, em Petrópolis, segundo informações da Defesa Civil. O órgão informou que os imóveis, que ficam no km 81 da BR-040, no sentido Rio, foram evacuados como medida de segurança e preventiva.

 

A Prefeitura informou que 114 pessoas estão desalojadas. Por medida de segurança, as casas ainda não foram vistoriadas pela Defesa Civil, por isso, não há informação sobre interdições.

 

Ainda de acordo com a Defesa Civil, o deslizamento aconteceu próximo a uma área onde está sendo construído o túnel da Nova Subida da Serra de Petrópolis. As obras, com cinco quilômetros de extensão, conforme explica o órgão, estão paradas há mais de um ano.

 

A Concer, concessionária que administra a via, responsável pelas obras do túnel, por meio de nota informou que "especialistas já iniciaram a avaliação técnica do local. Entretanto, ainda é prematuro apontar a causa ou as causas do incidente".

 

A concessionária também informou que está dando toda assistência necessária às famílias que foram retiradas do local.

 

Segundo a Prefeitura, neste primeiro momento, as famílias - entre as quais três pessoas acamadas e um cadeirante, assim como os 73 alunos da educação infantil e do 1º ao 5º ano - foram encaminhadas para a Igreja Comunidade Nossa Senhora Aparecida.

 

O trânsito foi desviado sentido Quitandinha-Rio com o apoio da CPTrans e Polícia Rodoviária Federal (PRF). Equipes do Corpo de Bombeiros e da Concer também estão no local.

 

A Prefeitura de Petrópolis informou hoje a tarde que vai entrar com queixa crime contra a Concer devido ao acidente na Comunidade do Contorno. Além disso, o município afirmou que acionou o Ibama, responsável por conceder as licenças ambientais para as obras de duplicação da BR-040, para que seja feita uma vistoria na áreas e também a identificação das causas do desabamento.

 

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) também foi acionada pelo município, uma vez que é a fiscalizadora do contrato da Concer e respondeu, por meio de nota, que está acompanhando de perto as ações da concessionária para minimizar os impactos do incidente e amparo às famílias afetadas pelo deslizamento.

 

A agência afirma que já foram iniciados os trabalhos de avaliação e perícia do local para verificar as causas do ocorrido e que corrobora com a concessionária para restabelecer a normalidade do trânsito no local o mais breve possível. (fonte G1)

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino