Cinco dias de shows no 3º Moto Campos

eCom 20 shows de rock e até um bar nas alturas, começa nesta quarta-feira (11) o 3º Moto Campos, o maior encontro de motociclistas do Norte Fluminense. Nos cinco dias, o evento promete reunir mais de 30 mil visitantes dos estados do Rio, Espírito Santo e Minas Gerais. Com entrada franca, o Moto Campos será realizado no Cepop, com estrutura semelhante ao Sambódromo do Rio

A Banda Faixa Etária faz o show principal de sábado


Nove motoclubes de Campos participam do evento, que tem espaço kids, praça da alimentação, tendas de expositores de produtos de couro e de acessórios para motocicletas e camping no espaço do evento, que vai até domingo. Entre as bandas que vão tocar muito rock n’roll nos cinco dias, estão as conhecidas Faixa Etária (sábado) e Plebe Rude (domingo).


-- Serão cinco dias de diversão e emoção para nossos visitantes e moradores de Campos. O Cepop receberá as melhores bandas de rock do circuito motociclístico nacional numa super estrutura com muitas atrações. Sem dúvidas o grande evento do Norte Fluminense – afirma o organizador do Moto Campos, Mateus Nogueira, da M2 Produções e Eventos.


Um diferencial do evento, o Bar nas Alturas chega a 40 metros de altura. Como capacidade para dez pessoas, oferece uma visão geral do Cepop. Os locutores Itamar Cavalera e Jeremias Ramos, o Aranha, vão apresentar as atrações do evento. A Prefeitura de Campos apoia o evento.


-- A estrutura para os músicos e principalmente para o público surpreende. Vamos voltar a Campos com um show especial, com todos os recursos de efeitos especiais e canções que não vão deixar ninguém parado – garante a Márcia Palmar, vocalista da banda Faixa Etária, que toda no sábado às 23h.


A grade de shows é a seguinte. Na quarta-feira, Blues Band Vidro, Tribo D’Guns e Rock +. Na quinta-feira, Crosstime, Iorius, Road Rock, Novah e Reubes Pess. Na sexta-feira, Voxer, Titânia, Betinho Assad e West Gang. No sábado, Produto de Rock, Dona Kátia, Rio Rocks, Tony Elvis, Faixa Etária e Sanctuarium. No domingo, Angelo Nani, Jane Soren, Route 69 e Plebe Rude.