Luis Geraldo é favorito para presidente da Câmara de Cabo Frio

28.09.2017

Expectativa é que parlamentar tenha 10 votos dos 17 da Casa nesta quinta (28)

O atual primeiro-secretário da Câmara de Cabo Frio, Luis Geraldo Simas (PRB), é o franco favorito para ganhar a eleição para presidência da Casa, prevista para acontecer hoje (28/9). O pleito foi antecipado, mas o vencedor só assumirá para o segundo biênio (2018-2020). O experiente vereador, que cumpre o quarto mandato legislativo, é o nome apoiado pelo prefeito Marquinho Mendes (PMDB) na disputa. Nos bastidores, a estimativa é que ele tenha, no mínimo, 10 dos 17 votos possíveis. 


Contudo, há duas semanas, o cenário era bem diferente. Desde então, em silêncio, o governo partiu para ofensiva e conseguiu esfacelar o grupo de oito vereadores da base que estavam insatisfeitos, o chamado ‘G8’.

 

Conforme a reportagem conseguiu apurar junto a fontes do governo, três deles – Alexandra Codeço (PRB), Letícia Jotta (PSC) e Adeir Novaes (PRB) – mudaram de lado e fecharam apoio a Luis Geraldo. Outros três – Jefferson Vidal (PSC), Waguinho (PPS) e Blau Blau (PSC) – continuam indecisos. Os governistas acreditam em um teto de até 13 votos, mas o placar ainda é incerto. De todo modo, o líder do bloco, Miguel Alencar (PPS), mostrou confiança na vitória.


– Acho que vai sair como o planejado. A maioria entendeu que o nome mais preparado e experiente é o de Luis Geraldo. Claro que só vamos ter a confirmação amanhã (hoje). Mas as coisas estão bem consolidadas – afirma Miguel.


Caso Luis Geraldo vença, presidirá a Casa pela segunda vez. Ele já esteve à frente da Mesa Diretora entre 2007 e 2008. Escaldado, o parlamentar prefere manter a cautela e não cantar  vitória antes do tempo. 


– A gente vem trabalhando há um tempo. A eleição se define mais próximo da votação. É a oitava vez que eu participo. Estamos tentando conquistar a confiança de alguns companheiros. Eleição de Câmara só se define depois que os votos são contados. Já tivemos algumas surpresas. Respeito muito a todos, mas estou bem confiante – diz Luis Geraldo.


É exatamente o ‘fator surpresa’ que ainda mantém algum ânimo no vereador Ricardo Martins (Solidariedade), candidato do antigo ‘G8’, agora praticamente reduzido a ‘G2’. Edilan do Celular (PRP) é o único que se mantém com Ricardo no grupo original. 


– A esperança é a última que morre, mas é uma missão quase impossível – diz, um resignado Ricardo, mas sem retirar a candidatura. (fonte Folha dos Lagos)

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino