Niterói anuncia revitalização de Charitas

Toda a orla da Praia de Charitas, entre a Praça do Radioamador e o Clube Naval, será alvo de obras de revitalização com projeto assinado pelo arquiteto catalão Carlos Ferrater, que projetou a Vila Olímpica e o Jardim Botânico de Barcelona. O anúncio foi feito pelo secretário de Governo de Niterói, Victor Júnior, na reunião convocada pela Associação dos Síndicos de Charitas (ASC), através do presidente da Câmara Municipal de Niterói, Paulo Bagueira

Fotos: divulgação

Os síndicos, que representam mais de três mil moradores do bairro, pediram a reunião para ouvir de representantes da Prefeitura os planos para o verão. Eles estão preocupados com o impacto do aumento do volume de tráfego após a construção do túnel de Cafubá e do estacionamento subterrâneo, que levará mais banhistas a Charitas.


-- Não há como negar que o túnel provocou um impacto no trânsito de Charitas e de São Francisco. Por isso teremos que ter atenção triplicada para os bairros. Estes locais terão um contingente de agentes de trânsito muito maior. Foi pedido ao prefeito Rodrigo Neves a antecipação da Operação Verão (para 20 de outubro) para que tenhamos tempo para eventuais ajustes no trânsito na orla dos bairros – assegurou.


Além de Bagueira e de Vitor Júnior, participaram do encontro os secretários de Conservação, Dayse Monassa; de Obras, Vicente Marins; o diretor de Planejamento e Trânsito da NitTrans, Alexandre Cony; e, o vereador Leandro Portugal, que representa o bairro na Câmara Municipal.


-- A comunidade está apreensiva com o que possa acontecer no verão. Por isso convidados os secretários para o encontro. Em outubro vamos promover outro para tratar de segurança pública e posturas. Esta é a função do parlamento – explicou Bagueira.


Os moradores cobraram um maior controle urbano, com ação da fiscalização de posturas, e de trânsito durante o verão, quando o bairro é invadido por banhistas e por carros com destino às praias oceânicas de Niterói.


-- No ano passado, a Operação Verão não chegou a Charitas, onde a prefeitura cobra o IPTU mais caro de Niterói. No próximo verão, o fluxo de banhistas e carros vai aumentar e precisamos da presença efetiva dos agentes do município e da Polícia Militar na orla – cobrou o síndico Leonardo Fonte.

Vitor Júnior explicou que, por determinação da justiça, os quiosques de Charitas serão demolidos. Serão construídos outros, modernos e em menor número, inclusive no trecho entre a estação aquaviária e o Clube Naval.


-- O prefeito Rodrigo Neves já autorizou a execução do projeto. Não será mais através de PPP (parceria público-privada), mas com os recursos dos royalties. O projeto vai explorar as características turísticas e esportivas da orla de Charitas e há a possibilidade da construção de uma marina – explicou Júnior.


Dayse Monassa garantiu a conclusão do projeto da nova iluminação, com lâmpadas de LED, na orla de Charitas, e prometeu estudar melhorias no pavimento das ruas internas de Charitas. O diretor da NitTrans disse que foram feitas mudanças no trânsito em caráter experimental. A mais importante é a mão única na Rua Madre Vitória, que era usada como rota de fuga em dias de engarrafamento na orla:


-- Fizemos alterações operacionais e os agentes de trânsito estão atuando. Já aplicamos 150 multas, sendo que 80% dos infratores eram moradores que faziam contramão para acessar as garagens dos seus prédios – disse Cony.


-- Na próxima reunião vamos detalhar o Plano Verão no bairro e ver os projetos de segurança por parte da Guarda Municipal e da Polícia Militar, que vamos convidar para o encontro – concluiu Bagueira.