Procon autua 22 lojas no Botafogo Praia Shopping

21.09.2017

Fiscalização encontrou diversos produtos sem informação de preço para o consumidor

 

                                                                                        Fotos divulgação/Procon

O Procon Estadual realizou, nesta quinta-feira (21/09), uma nova etapa da Operação Galeão Português, desta vez fiscalizando o Botafogo Praia Shopping, na Zona Sul do Rio. Foram autuadas 22 das 43 lojas vistoriadas.

 

O problema mais encontrado pelos fiscais foi a ausência de preços em produtos expostos à venda. Essa irregularidade foi constatada em 14 lojas, como Óticas Carol, Toyboy Brinquedos, Ortobom, Puket, Mundo Verde, Arezzo e Uncle K, por exemplo. Já a loja da rede Óticas do Povo apresentou outro problema relacionado à informação dos preços. Nas etiquetas, o valor da parcela para pagamentos a prazo estava em tamanho maior do que o preço à vista.

 

Não foram encontradas irregularidades em 21 lojas: Mahogany, O Boticário, Mr. Cheney, Vivo, Patyelly, Havaianas, Rei dos Quadros, Oi, Melissa, Mr. Cat, Di Santinni, L'occitane (duas lojas), Kopenhagen, Vivara, My Place, My Constance, Outer, The Beauty Box, Anacapri e Hemisfério Joias.

 

O nome da operação é uma referência ao galeão (navio) português que se chamava Botafogo e deu nome ao bairro em 1590.

 

 

Balanço da Operação Galeão Português:

 

1 - Óticas Carol: Ausência de preços visíveis nos produtos.

 

2 - Espaçolaser Depilação: Livro de Reclamações sem autenticação.

 

3 - Super Celular: Livro de Reclamações sem autenticação.

 

4 - Toyboy Brinquedos: Ausência de preços visíveis nos produtos.

 

5 - Vivo (loja 113): Ausência de preços visíveis nos produtos.

 

6 - Le Postiche: Ausência de preços visíveis nos produtos.

 

7 - Ortobom: Ausências do Livro de Reclamações e de preços visíveis nos produtos.

 

8 - Puket: Ausências do Livro de Reclamações, dos cartazes do Livro de Reclamações e do 151 e de preços em alguns produtos expostos no interior da loja.

 

9 - Óticas do Povo: Fonte do preço parcelado maior que a do preço à vista.

 

10 - Mundo Verde: Ausência de preços em produtos expostos à venda.

 

11 - Quem Disse Berenice: Ausência do Livro de Reclamações.

 

12 - Catran (roupa de cama): Ausência de preços em produtos expostos à venda.

 

13 - The Body Shop: Ausências do Livro de Reclamações e do alvará.

 

14 - Só Socks (roupas infantis): Ausência de preços em produtos expostos à venda.

 

15 - Josefina Rosacor (bijuteria e acessórios): Ausências de preços nos produtos expostos à venda e dos cartazes do 151 e do Livro de Reclamações.

 

16 - Euro Colchões: Ausência do Livro de Reclamações.

 

17 - Zinzane (moda feminina): Ausência do cartaz do Livro de Reclamações.

 

18 - Imaginarium: Ausência de preços em produtos expostos à venda.

 

19 - Arezzo (sapatos femininos): Ausências: dos cartazes do 151 e do Livro de Reclamações e de preços nos produtos expostos à venda.

 

20 - CVC: Ausência do Livro de Reclamações.

 

21 - Morana acessórios femininos: Ausência de preços visíveis ao consumidor no interior da loja.

 

22 - Uncle K: Ausência de preços em produtos expostos à venda no interior da loja.

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino