Niterói e o programa Cidades Empreendedoras

O comitê gestor do Programa Cidades Empreendedoras em Niterói trabalha para um futuro melhor para a economia​ local. O município é um dos 11 participantes do estado a realizar o Diagnóstico do Ambiente Empresarial e assim começar sua pontuação no programa, elaborado pelo Sebrae/RJ em formato de game. Ao apresentar o diagnóstico, a Prefeitura de Niterói deu a partida para que sejam criadas e implantadas políticas públicas voltadas para micro e pequenas empresas e microempreendedores individuais, onde todos saem ganhando

Segundo o coordenador regional do Sebrae/RJ no Leste Fluminense, Américo Diniz, o Cidades Empreendedoras é mais um instrumento à disposição da prefeitura para melhorar o ambiente de negócios no município. “Estão previstas novas reuniões mensais, consultorias e levantamento de dados, até a conclusão da primeira fase do programa, em dezembro. O Cidades Empreendedoras será encerrado no final de 2018, com o Sebrae/RJ sempre acompanhando as ações desenvolvidas em Niterói”, diz o coordenador.


O Sebrae/RJ usou como critérios de seleção das cidades participantes o status de Lei Geral municipal implementada, a densidade empresarial e o ambiente favorável para desenvolvimento do programa. Além de Niterói, participam Angra dos Reis, Campos, Duque de Caxias, Itaperuna, Nova Friburgo, Nova Iguaçu, Petrópolis, São Pedro da Aldeia, Três Rios e Volta Redonda. De acordo com pesquisa do Data Sebrae, esses municípios totalizam cerca de 230 mil empresas registradas no Estado do Rio, reunindo 22% da atividade empresarial fluminense.​