Niterói é a primeira cidade do estado a ter um Conselho LGBT

Niterói se tornou na noite da última segunda-feira (28) a primeira cidade do estado do Rio de Janeiro a ter um Conselho LGBT. A cerimônia de posse dos conselheiros foi realizada no início da noite no Solar do Jambeiro e contou com a participação do prefeito Rodrigo Neves (PV). O conselho LGBT reúne integrantes da sociedade civil organizada e representantes de secretarias de governo municipais. O principal objetivo da iniciativa é o combate ao preconceito, às desigualdades, à violência e a busca da inserção da população LGBT no mercado formal de trabalho

Fotos Bruno Eduardo Alves

Ao assinar o termo de posse dos conselheiros, Rodrigo Neves ressaltou a importância do combate a todo tipo de preconceito. “Estou muito feliz de assinar esse documento de posse do conselho e o plano de estudo e diagnóstico de direitos humanos que está sendo elaborado, pois é fundamental garantir os direitos das pessoas e possibilitar que cada um busque sua felicidade, independentemente de sua opção sexual”, disse.


O prefeito falou ainda que a criação do conselho é uma conquista do movimento LGBT. “É inadmissível que em pleno o século XXI ainda exista preconceito contra as pessoas por conta de sua orientação sexual. É preciso focar atento ao crescimento de movimentos fascistas e intolerantes e combater esse tipo de ideologia”.


Presidente do conselho, a transexual Bruna Benevides destacou que ao trabalho terá foco também no acolhimento das vítimas da violência.

“Sinto-me muito honrada de presidir esse conselho num momento em que vemos um desmonte da política pública LGBT. O conselho surge com a obrigação de assumir os casos de violência e violação de direitos humanos que temos visto na nossa cidade. A partir de agora vamos avançar firmes e fortes nessa luta que surgiu há mais de 15 anos. Conto com todos vocês e contem conosco”, disse Bruna.


A secretária municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, Veronica Lima alertou para o retrocesso das conquistas dos movimentos em defesa dos direitos humanos e parabenizou o prefeito pela iniciativa.


“O prefeito mostrou que está ao lado das pessoas no enfrentamento à violência. Esse é um avanço de extrema importância. Hoje é mais um passo em busca da igualdade dos direitos. Niterói está sempre na vanguarda e mostra isso mais uma vez”.