Procon Estadual autua 12 restaurantes em Ipanema

28.08.2017

Apenas no Botequim do Itahy foram descartados mais de 50 litros de chope vencido

Os fiscais do Procon Estadual realizaram, nesta segunda-feira (28/08), em Ipanema,  uma nova etapa da Operação Caminho do Mar. Foram vistoriados 18 restaurantes do bairro da Zona Sul do Rio, dos quais 12 foram autuados.

 

                                                                                                   Fotos Procon-RJ

Ao todo, foram descartados 13kg e 520g de alimentos impróprios para o consumo, além de 51 litros de chope vencido. A bebida estava no Botequim do Itahy (Rua Barão da Torre, 334), onde havia ainda 300g de bacon frito, 600g de aipim congelado e 2kg e 300g de batata congelada, todos sem especificação do prazo de validade.

 

No Adegão Português (Rua Barão da Torre, 248), foram encontrados pelos fiscais problemas estruturais. O piso da porta da câmara de resfriados estava enferrujado e o piso da câmara de congelados, quebrado. Já a parede da cozinha estava com azulejo quebrado. Os fiscais deram um prazo de 15 dias para a realização dos reparos.

 

Não foram encontradas irregularidades nos seguintes estabelecimentos: Gringo Café (Rua Barão da Torre, 240), Satyricon (Rua Barão da Torre, 192), Bazzar (Rua Barão da Torre, 538), Gula Gula (Rua Barão da Torre, 446), Capricciosa Pizza Doc (Rua Vinicius de Moraes, 134) e Le Vin (Rua Barão da Torre, 490). O nome da operação é uma referência a um trecho da música "Garota de Ipanema".

 

Balanço da Operação Caminho do Mar:

 

1 - Yosuki (Rua Farme de Amoedo, 102): Produtos vencidos: 350g de manteiga e 800g de creme de leite. Lixeira sem pedal. Portal da câmara de resfriados enferrujado.

 

2 - Adegão Português (Rua Barão da Torre, 248): Ausências dos certificados do Corpo de Bombeiros e de potabilidade da água. Piso da porta da câmara de resfriados enferrujado. Piso da câmara de congelados quebrado. Parede da cozinha com azulejo quebrado. Os fiscais deram um prazo de 15 dias para os reparos.

 

3 - Riba (Rua Barão da Torre, 510): 300ml de molho Ribamar (maionese caseira) vencido. 3kg e 900g de pirarucu vencido. O peixe estava descongelando desde o dia 24/08/2017. Nesse caso, conforme informado pelo subchef do estabelecimento, a validade é de dois dias após o descongelamento, ou seja, 26/08/2017. Ausência do certificado de dedetização.

 

4 - Bazzar Café (Rua Visconde de Pirajá, 572): 1 litro de leite de cabra vencido. 870g de queijo cheddar sem especificação da validade. O Livro de Reclamações está com nome e CNPJ antigos pois a empresa foi comprada por outra, cujos dados se encontram no boleto fiscal. Ausência do certificado de dedetização. Os fiscais deram um prazo de 24 horas para a apresentação do documento, sob pena de interdição do estabelecimento.

 

5 - Alekrin (Rua Barão da Torre, 247, Ipanema): Ausências do Livro de Reclamações, dos cartazes do 151, do 180 (telefone de denúncia de casos de violência contra a mulher) e do que informa a oferta gratuita de água filtrada para os clientes. Ausência dos certificados do Corpo de Bombeiros e de potabilidade da água.

 

6 - Botequim do Itahy (Rua Barão da Torre, 334): Produtos sem especificação da validade: 300g de bacon frito, 600g de aipim congelado e 2kg e 300g de batata congelada. Produtos vencidos: 1 litro de chope de trigo e 50 litros de chope.

 

7 - Zazá Bistrô Tropical (Rua Joana Angélica, 40): Ausências dos cartazes dos 180 e do 151, do cartaz do Livro de Reclamações e do que informa a oferta gratuita da água potável aos clientes. Ausências dos certificados de limpeza da caixa d'água e de potabilidade da água.

 

8 - Esplanada Grill (Rua Barão da Torre, 600): Ausência do cartaz do 180. Livro de Reclamações não autenticado. Produtos vencidos: 400g de cogumelo shimeji e 1kg de palmito pupunha. 1kg de cogumelo Paris sem especificação da validade.

 

9 - La Mole (Rua Joana Angélica, 159): Cozinha com piso quebrado. Os fiscais deram um prazo de 30 dias para os reparos, sob pena de interdição.

 

10 - Hippotamus (Rua Barão da Torre, 368): Ausência do Livro de Reclamações.

 

11 - Restô Ipanema (Rua Joana Angélica, 184): Cozinha com azulejos quebrados. 

 

12 -  Alessandro e Frederico (Rua Garcia d'Ávila, 134, Loja D): Produtos vencidos: 400g de azeitona verde e 300g de cogumelo. No bar do estabelecimento havia uma placa de madeira no chão com o objetivo de proteger o piso que foi trocado recentemente, podendo haver contaminação. Ralo da cozinha não sifonado.

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino