Teresópolis muda de prefeito pela sexta vez nos últimos sete anos

A partir de segunda-feira (28/8) Teresópolis terá novo prefeito, o sexto nos últimos sete anos. Mario Tricano (PP) enviou ofício ao presidente da Câmara de Vereadores Pedro Gil Ferreira (PP) pedindo o seu afastamento do cargo. Quem toma posse é o vice Sandro Dias.

Mario Tricano deixa a prefeitura para o seu vice Sandro Dias por até seis meses

Na manhã desta quinta-feira (24), a Câmara de Vereadores aprovou o pedido de afastamento do prefeito Mario Tricano através de ofício enviado no dia anterior. No decreto em que fez o pedido de licença, Tricano alegou que precisa deixar o cargo pelo período de até 180 dias “por motivos particulares”, sem dar mais explicações.

Durante a discussão que precedeu a votação, quase todos os parlamentares se pronunciaram e a maioria afirmou que era contra a decisão do Tricano deixar seu cargo nesse momento de grave crise em vez de trabalhar para dar uma solução. Para eles, Sandro Dias precisa buscar uma parceria com a Câmara para poder avançar na solução das dificuldades do município.


Teresópolis vem enfrentando crise uma financeira, inclusive com os salários dos servidores públicos municipais atrasados. Mário Tricano disse que não está abandonando a Prefeitura e que pediu o afastamento para não ficar prorrogando o prazo.

Após o pedido de afastamento do prefeito ser aceito pela Câmara, dois secretários do município pediram exoneração dos cargos. Diego Souza, secretário de Saúde, postou em sua rede social que estava se desligando por motivos pessoais e por projetos futuros. Já o secretário de Segurança, Raphael Teixeira, disse que estará junto ao prefeito durante o período de afastamento e, por isso, não conseguiria se dedicar 100% à secretaria. Os nomes de quem irá assumir cada secretaria ainda não foram divulgados.