Obra de ampliação da Niterói-Manilha começa em dois meses

Ao custo de 200 milhões e com um prazo de conclusão em dois anos, a BR-101, no trecho que compreende a Niterói-Manilha, passará por obras de ampliação e beneficiará mais de 100 mil motoristas por dia. O trecho de 23 km entre a Avenida do Contorno, no Barreto e o trevo de Manilha, em Itaboraí e outros 23 quilômetros no sentido contrário, totalizando 46 quilômetros, passarão por intervenções que deverão começar dentro de 60 dias.

O diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Jorge Bastos, autorizou o início das obras. “A grande preocupação é com a segurança dos usuários. É bom destacar que essa medida não estava no contrato de concessão da Autopista Fluminense, que vai arcar com os custos”, afirmou.


O ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco (PMDB) destacou que o investimento só é possível graças à MP das Concessões (Lei 13.448) aprovada pelo presidente Michel Temer (PMDB).


“A MP nos dará mais previsibilidade e segurança jurídica. Vai permitir que problemas gerados em concessões anteriores possam ser resolvidos. Muitas obras de infraestrutura importantes na área de rodovias, ferrovias, portos e aeroportos estão sendo desenvolvidas e vão continuar”, defendeu.


O prefeito de Niterói e presidente do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento do Leste Fluminense (Conleste), Rodrigo Neves (PV) ressaltou a importância das obras: “Vai ser bom porque, além de desafogar o trânsito, vai gerar mais de 300 empregos para os moradores”, defendeu.