Reviravolta na Câmara de Maricá pode tirar liderança de democrata

 

Com sinal verde da Procuradoria da Câmara Municipal de Maricá foi  votada e aprovada  hoje (16/8), em primeiro turno, a alteração do regimento interno da Casa que fala sobre a indicação de líderes partidários. Com isso, pode ocorrer uma reviravolta pelo menos em um partido que conta com três vereadores. A votação em 2º e último turno será na próxima sessão ordinária, segunda-feira (21/8) às 16h.

 

                                                                                            Fotos GBNEWS

 Vereador Dr. Felipe Auni está no segundo mandato e é um dos

que mais conhece o regimento interno da Câmara Municipal de Maricá

 

“A Procuradoria da Casa e os  membros da Mesa Diretora, presidente Aldair de Linda (PT), vice-presidente Frank Costa (SD) e o 1º secretário Marcus Bambam (PV) foram favoráveis a alteração, que aprovada em definitivo, acompanhará o Congresso Nacional onde as bancadas partidárias elegem seus líderes. Essa decisão sobrepõe os estatutos dos partidos”, explicou o autor da matéria vereador Dr. Felipe Auni (PSD), 2º secretário da Mesa.

 

Na Câmara de Maricá, apenas dois partidos tem três vereadores. O dos Trabalhadores com RobGol (líder), Dr. Richard e Aldair de Linda; e o Democratas com Felipe Poubel (líder), Marcinho da Construção e Ismael Breve.

 

Com essa alteração do regimento interno a liderança de Felipe Poubel (foto) fica ameaçada porque ele faz oposição ao governo municipal enquanto que seus pares, Marcinho e Ismael, são governistas. Poubel pode perder também a cadeira que ocupa na Comissão de Constituição e Justiça (uma das mais importantes) e os 10 minutos a mais que tem direito para ocupar a tribuna por ser líder partidário.

 

Quanto ao PT, partido do prefeito Fabiano Horta, não há aparentemente qualquer tipo de insatisfação com RobGol (líder), Aldair de Linda e Dr. Richard; o mesmo acontecendo com o Solidariedade de Frank Costa; Verde de Bubute e Marcus Bambam; PTB com Tatai e Fabrício Bittencourt (líder do governo); PP de Chiquinho; PR com Bidi e Rony Peterson; PSD de Dr. Felipe Auni;  PEN do vereador Ricardinho Netuno; e, do PCdoB  de Felipe Paiva.

 

Dos 16 vereadores presentes na sessão desta quarta-feira, apenas o democrata Felipe Poubel  foi contra e Ricardinho Netuno (PEN) se absteve. Tatai justificou sua ausência.

 

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino