Bernardo Rossi vistoria com a Enel áreas que receberão ações do Plano Verão

21.07.2017

Prefeitura e concessionária de energia vão fazer rede subterrânea para evitar interrupções no fornecimento em quatro bairros

O prefeito Bernardo Rossi (PMDB) esteve na Avenida Getúlio Vargas, no Quitandinha, para vistoriar uma das quatro áreas que vão receber ações do Plano Verão em parceria com a Enel. Ele conversou com representantes da concessionária e acertou detalhes do enterramento da rede aérea de energia. A obra deve começar até o fim do mês que vem e ajudar mais de 50 mil pessoas a não serem afetadas com queda de árvores ou barreiras sobre a rede elétrica.

 

“Essas intervenções vão acontecer em locais de fácil escavação e é extremamente viável para o benefício que vai gerar. É no verão que acontecem esses problemas com mais frequência e isso atrapalha muito os moradores, o comércio, a indústria, a rede hoteleira”, disse o prefeito.

 

O Núcleo de Manutenção Viária da Secretaria de Obras vai escavar buracos de um metro de profundidade com 70 ou 80 cm de largura. Nesse espaço, a Enel utiliza uma tecnologia italiana para enterrar os cabos de alta tensão (que fazem a transmissão da energia para os transformadores). Em seguida, esse buraco é fechado – se for necessário utilizar asfalto ou outros materiais, a concessionária ficará responsável pelo fornecimento.

 

“Nós já fizemos esse mesmo procedimento em Secretário, onde instalamos sete quilômetros de rede subterrânea entre ano passado e esse. Também fizemos isso em São José do Vale do Rio Preto, com 12 quilômetros. Mas, esse é um serviço que acaba sendo caro para empresa. Por isso, a parceria com a prefeitura é muito importante. Não tenho conhecimento de nenhuma iniciativa parecida no estado”, informa o responsável pelo Polo Serrano da Enel, Rodrigo Almeida.

 

De acordo com ele, a intervenção é rápida e pode ser concluída em poucos dias, dependendo da extensão da obra. Quando for realizado o enterramento, será necessário desligar o fornecimento de energia, mas a concessionária garante avisar com antecedência para que os moradores possam se programar. A fiação telefônica e de baixa tensão serão mantidas nos postes porque são pouco afetadas por queda de árvores ou barreiras e são de fácil resolução quando ocorre algum problema.

 

As obras serão realizadas na Av. Getúlio Vargas (Quitandinha), na Rua Pedro Stumpf Sobrinho (Centenário), na Rua Lopes de Castro (Valparaíso) e na Rua Dr. Agostinho Goulão (Bonfim). Juntos, a Enel tem 12,3 mil clientes nesses locais, mas quando há um problema na alta tensão desses bairros, quase 50 mil ficam sem luz, segundo a própria empresa. Por isso, eles vão receber quase 900 metros de rede subterrânea.

 

O vice-prefeito Baninho, o secretário de Obras, Ronaldo Medeiros, o presidente da Câmara de Vereadores, Paulo Igor, além de representantes da CPTrans e da Águas do Imperador também estiveram presentes na vistoria.

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino