“Detran Presente” ultrapassa a marca de 13 mil atendimentos em sete edições

17.07.2017

                                                                                                    Mauri França levou seu fusca para a vistoria

 

O programa “Detran Presente” foi realizado neste sábado em dose dupla, em Petrópolis e Vassouras, e ultrapassou a marca de 13 mil atendimentos em suas sete edições. Lançado em maio na cidade imperial, onde atingiu um índice de aprovação de 99%, a caravana com todos os serviços do Detran retornou ao município. O tamanho do interesse dos motoristas pôde ser medido pelos mais de 500 motoristas que levaram seus veículos para vistoria no parque de exposições, em Itaipava.

 

Nem mesmo o frio serrano impediu que o marceneiro Mauri França, de 56 anos, acordasse mais cedo para deixar seu Fusca em dia. Primeiro da fila, ele chegou ao local às 6h, três horas antes do início do atendimento.

 

— Esse serviço é muito bom porque desafoga o posto de vistoria daqui e facilita a nossa vida. Como a procura é muito grande, acordei mais cedo, mesmo com esta manhã gelada, e regularizei logo o meu carro apesar de o meu prazo de vistoria se encerrar daqui a alguns meses — disse ele

 

Já na cidade da seresta, o “Detran Presente” foi montado no Ciep Salésio Schimid, no Centro, e a rapidez do atendimento soou como música para o caseiro Alan Kelvin Caetano, de 23:

 

— Gostei muito do serviço. Tanto o agendamento quanto o atendimento foram feitos rapidamente. Consegui fazer a vistoria da minha moto e ter o documento emitido num instante.

 

Ao todo, foram deslocados mais de 150 funcionários para Petrópolis e Vassouras para dar conta da demanda dos dois municípios.

                                                                                             Presidente do Detran acompanhou os trabalhos na serra

 

— O Detran Presente foi criado para oferecermos um serviço de público com ainda mais qualidade, sobretudo nos municípios onde há maior carência. Queremos facilitar a vida do cidadão e, por isso, escolhemos cidades-polos como Petrópolis e Vassouras para atender aos municípios do seu entorno, atuando regionalmente — explicou o presidente do Detran, Vinicius Farah.

 

O desejo de tirar a segunda via da carteira de identidade fez com que nem mesmo os 7º C dos termômetros fossem obstáculo para que Débora Diogo de Sá, de 19, e sua mãe, Evanuisa, de 39, fossem as primeiras a chegar ao parque de exposições de Petrópolis.

 

 

— Soube do “Detran Presente” no posto de identificação daqui e vim com três casacos para tirar a segunda via da minha identidade para poder trabalhar. Mesmo com o frio todo que fazia, valeu a pena — disse a jovem. (Fotos: Alexandre Simonini e Sebastião Gomes)

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino