Operação Bomba Limpa interdita postos de combustíveis em Maricá


Postos compartilhavam a mesma nota fiscal, caracterizando caso de sonegação foto divulgação/Procon


Agentes do Procon Estadual e da Operação Barreira Fiscal, ligados a Secretaria de Estado do Governo, e representantes do Ministério Público Estadual, realizaram nesta sexta-feira (14/07), uma nova etapa da Operação Bomba Limpa, que desta vez vistoriou dois postos de combustíveis na cidade de Maricá, Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Localizados na mesma rua do bairro Jardim Atlântico, ambos os postos foram interditados. A região foi alvo de denúncias de venda de combustível adulterado. Foram recolhidas amostras de combustível dos postos para análise.


O Posto Vila Rosa, localizado na Rua Professor Cardoso de Menezes, 58, foi interditado por falta de extintor de incêndio. Além disso, o estabelecimento não apresentou a licença ambiental, o Livro de Reclamações e o Cartaz do Disque 151 (telefone do Procon Estadual para denúncias e dúvidas dos consumidores).


O Auto Posto Primeirão, localizado no Lote 1, quadra 594, da mesma rua, apresentou os mesmos problemas do Posto Vila Rosa. Além disso, utilizava a nota fiscal daquele posto, caracterizando assim um caso de sonegação fiscal. Ele também foi interditado.