Estado inclui Suíça Brasileira no Mapa do Turismo

08.07.2017

Habitualmente a alta temporada na Região Serrana atrai centenas de turistas e Nova Friburgo, referência em qualidade de hospedagem, gastronomia e variados atrativos, começa a se preparar para receber os visitantes. Por isso mesmo, nada mais natural e honroso para a cidade do que a lei estadual que classificou Nova Friburgo como município de interesse turístico.

 

“O Mapa do Turismo é um cadastro que qualifica e seleciona o potencial de profissionalismo e a importância do turismo para determinado destino em esfera nacional. Assim, com os requisitos cada vez mais restritivos, fazer parte desse ranking de municípios reconhecidos formalmente como destinos de interesse turístico é de fundamental importância para oportunizar a atração e captação de recursos, profissionalizando e desenvolvendo o turismo de Nova Friburgo. O Ministério do Turismo destina prioritariamente seus recursos para cidades e regiões que sejam de interesse turístico e estejam inseridas no Mapa do Turismo”, explicou o secretário municipal do setor, Wilton Neves.


Nova Friburgo conhecida como Suíça Brasileira, não deixa nada a desejar no que diz respeito à exuberância em todas as suas vertentes. Focada na geração de negócios, no fortalecimento e divulgação do turismo em âmbito nacional e internacional, a cidade busca o desenvolvimento sustentável, com destaque para as inovações tecnológicas. Visando o impacto positivo em toda a cadeia produtiva, o grande objetivo é o fomento da economia e o desenvolvimento do município.

 

Reduto dos amantes de ecoturismo e apreciadores dos esportes de aventura, as conhecidas trilhas da cidade, acompanhadas pela Mata Atlântica, levam os turistas até cachoeiras e mirantes incríveis. São inúmeros pontos. Entre os atrativos, a área verde do Nova Friburgo Country Clube; o Encontro dos Rios e o Poço Feio, ambos em Lumiar; as exímias e internacionais esculturas do Jardim do Nêgo; o Teleférico do Suspiro; o Pico da Caledônia; a Casa Suíça e a Chocolataria Suíça; o Colégio Anchieta; a Cachoeira Véu da Noiva e o Parque Municipal Juarez Frotté.

 

Ainda existem atividades ao ar livre, como canoagem e rapel; arvorismo e tirolesa; rafting e excursões com caminhada e acampamento, com lojas especializadas e de suvenir, sem falar nas programações culturais, que incluem o belíssimo Teatro Municipal Laercio Rangel Ventura, responsável por números expressivos de público nos últimos meses.

A rede hoteleira é simplesmente a maior do interior do Estado do Rio e a gastronomia é um caso à parte. Os tradicionais pratos europeus e as referências brasileiras fazem da comida local uma experiência singular. Restaurantes alemães oferecem excelentes pratos e uma extensa carta de cervejas com rótulos do mundo todo. Na época da colonização, os suíços trouxeram a tradição do chocolate, daí a realização do Festival do Chocolate, anualmente.

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino