Crivella não adiantará parte do 13º salário

29.06.2017

                                                                                      Em tempo de crise Crivella joga ducha de água fria nos servidores

 

O prefeito Marcelo Crivella (PRB) continua tomando decisões que surpreendem a todos. A primeira bombástica foi a redução considerável das subvenções das escolas de samba, que mexeu com a rede hoteleira, agencias de viagem, enfim, toda a estrutura turística do Rio de Janeiro. Com este anúncio, algumas escolas de samba ameaçam não entrar na Marques de Sapucaí no carnaval 2018.

 

Agora, o prefeito Crivella deixa de pires nas mãos os servidores municipais da Cidade Maravilhosa. Afirmou  que não adiantará a primeira parcela do décimo-terceiro salário, quando o pagamento saía no dia 15 de julho. Como uma das medidas de controle de gastos, o prefeito do Rio, disse, através de sua assessoria, que vai cumprir a legislação trabalhista. Ou seja, a primeira parcela pode ser paga até 30 de novembro e a segunda, até 20 de dezembro.

 

Já os servidores estaduais continuam sem saber quando receberão o 13º salário referente ao ano de 2016. O governador Luiz Fernando pezão (PMDB) disse que não tem nenhuma previsão.

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino