Prefeitura vai bancar salários dos BMs destacados para Itaipuaçu

27.06.2017

O governo do Estado continua atrasando os salários dos seus servidores e não há perspectivas de normalização tão cedo, graças ao  governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) que segundo o presidente da ALERJ, deputado Jorge Picciani, também do PMDB, além de ser incompetente, estava preparado apenas para administrar a sua cidade de Piraí. Porém, os  Bombeiros Militares que trabalharem em Itaipuaçu ficarão livres dos atrasos de seus salários graças ao convênio firmado entre a Prefeitura de Maricá e o Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro.

                                                                           Prefeito Horta e Cel. Alcântara firmam parceria               fotos Clarildo Menezes

 

O documento foi assinado pelo prefeito Fabiano Horta (PT) e pelo comandante geral do Corpo de Bombeiros e secretário estadual de Defesa Civil, coronel Ronaldo Alcântara, em uma reunião, na sede da corporação, no Rio de Janeiro. Os bombeiros enviarão para a cidade uma viatura tipo auto tático emergência e a Prefeitura vai custear o salário dos bombeiros em serviço. Serão quatro militares por dia para atender à demanda da região.

 

 O posto dos Bombeiros vai funcionar onde hoje também operam o Destacamento de Policiamento Ostensivo (DPO) da Polícia Militar e o posto da Guarda Municipal na localidade do Barroco. A viatura que o município vai receber tem múltipla função, podendo realizar o trabalho de três viaturas. Adquirida na França, tem a capacidade para fazer os primeiros atendimentos na parte médico hospitalar, em colisões com veículos, salvamento, além do combate a incêndios – já que conta ainda com um tanque de 1.000 litros de água.

 

O prefeito Fabiano Horta destacou a importância da presença do Corpo de Bombeiros em Itaipuaçu. “Nosso município tem uma extensão demográfica enorme e, por isso, se faz necessária a presença da corporação em Itaipuaçu, que é a região que mais cresce em Maricá. A população ficará mais segura sabendo que em qualquer emergência será socorrida prontamente”, afirmou o prefeito, ressaltando ainda o desempenho da corporação na cidade. “O Corpo de Bombeiros em Maricá tem uma sinergia muito grande com a população. Nós estamos também fortalecendo e reaparelhando a Defesa Civil Municipal. A cidade cresce, mas também temos que pensar no bem estar da população e cuidar do bem público”, avaliou.

 

O comandante geral dos Bombeiros, coronel Ronaldo Alcântara, disse que só faltam questões administrativas para a base começar a operar. A previsão é que o início da operação seja daqui a 10 dias. “Sabemos o quanto será importante esse posto em Itaipuaçu. Precisamos apenas finalizar a parte burocrática que inclui a publicação no Diário Oficial do Estado”, acrescentou o comandante. Também participaram da reunião o comandante do 3º grupamento, tenente coronel Renato Grigorovski; o comandante dos Bombeiros em Maricá, Major Gilvane Dias; o coordenador da Defesa Civil municipal, Luiz Carlos dos Santos; o secretário municipal de Segurança e Trânsito, Celso Netto; e os coordenadores da Defesa Civil municipal, coronel Edson do Amaral e capitão Wellington Silva.

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino