Simulado testa alternativas de trânsito para socorro durante a Bauernfest

13.06.2017

Simulado de socorro realizado nesta segunda-feira testou caminhos alternativos para realização de socorro em caso de acidentes durante a Bauernfest - festa tradicional que acontece de 23 de junho a 2 de julho em Petrópolis. O objetivo foi definir uma estratégia que facilite o acesso das viaturas de resgate em caso de acidentes. Durante a ação, foram dois caminhos testados: o primeiro da sede do Corpo de Bombeiros, na Barão do Rio Branco, até o Hospital Santa Teresa e, o segundo, até a Coronel Veiga. O simulado foi alinhado entre as autoridades durante encontro na última semana, na Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans) que discutiu o esquema de trânsito durante a Bauern.

 A primeira ação, que reuniu viaturas da CPTrans, Bombeiros, Polícia Militar, Guarda Civil, Samu e Defesa Civil, fez o trajeto saindo da sede do CBMERJ, até a ponte da Moageira onde seguiu até a ponte em frente à Casa Barão de Mauá no contra fluxo. De lá, seguiu pela Presidente Kennedy, passando pela Avenida Piabanha até o HST. Todo o percurso levou 5 minutos e 30 segundos. O caminho de volta seguiu pela Paulino Afonso, Montecaseros, 7 de Abril, onde fez contramão na ponte da Roberto Silveira, seguiu pela Padre Siqueira, pegando a Barão do Rio Branco, com destino de volta à sede dos bombeiros. Todo o caminho durou 11 minutos e 30 segundos.

 

“Essa é uma medida necessária para verificarmos quais as opções teremos no dia da festa, quais ruas são possíveis interditar de maneira rápida para realizarmos o socorro. Sem dúvida, a prioridade será sempre a vida e a segurança das pessoas. Com a ação de hoje estamos nos preparando para que, em caso de alguma intercorrência já tenhamos testado às rotas possíveis. Tudo o que foi feito hoje será levado em conta. Criamos um plano para atuação e estamos trabalhando de maneira integrada para garantir que todos aproveitem a festa sem preocupação”, explica o diretor-presidente da CPTrans, Maurinho Branco.

 

Outra opção de caminho testado saiu do Corpo de Bombeiros até a Coronel Veiga. A rota durou 8 minutos e 10 segundos e partiu pela Barão do Rio Branco, seguindo até a ponte da Moageira, e seguiu até a 13 de Maio pelo contra fluxo. O caminho continuou pela Avenida Koeler, Praça da Liberdade, Relógio das Flores, Monsenhor Bacelar, Rocha Cardoso (Rua da UPA), Washington Luiz e Coronel Veiga. O caminho de volta passou pela Coronel Veiga, Washington Luiz, Rua do Imperador, Obelisco, Rua da Imperatriz, Raul de Leoni, Ipiranga, 13 de Maio e Barão do Rio Branco.

 

“Nos dias da Bauernfest o número de veículos que sobem a Serra tende a deixar o trânsito mais complicado. Por isso estamos trabalhando em ações para minimizar o impacto nas ruas do Centro e as opções para os moradores da cidade é utilizar as rotas alternativas. Tudo o que foi testado hoje será trabalhado, mas já consideramos essa simulação um sucesso. O trabalho integrado é, sem dúvida, imprescindível para termos uma festa com a garantia de socorro rápido, caso seja necessário”, destaca o diretor técnico operacional da CPTrans, Luciano Moreira.

 

 

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino