Paes deixa contas para Crivella pagar e pensa no Palácio GB


Paes não contou a Crivella que deixou uma continha extra para ele pagar


O ex-prefeito do Rio Eduardo Paes, que está morando com a família nos Estados Unidos, gastou o que não tinha e deixou a conta para o seu sucessor Marcelo Crivella (PRB) pagar. Ele continua de olho na cadeira do governador no Palácio Guanabara.


Uma auditoria feita pela Controladoria Geral do Município (CGM) descobriu que nos últimos dois meses na prefeitura do Rio, Eduardo Paes fez inúmeras viagens ao exterior juntamente com secretários municipais e assessores e deixou a conta de R$ 320 mil para Crivella pagar a Voetur Turismo e Representações.


A despesa foi feita mesmo sabendo que não tinha cobertura orçamentária em 2016. A CGM vai abrir sindicância administrativa para apurar as responsabilidades das viagens para a Cidade do México, Estados Unidos, Barcelona na Espanha, Marrakesh no Marrocos e até em Tóquio, Japão. Nesta última viagem, Paes foi com o então secretário-executivo de Coordenação de Governo, deputado Rafael Picciani (PMDB) e seu assessor-chefe Bernardo Fellows.


Recentemente, Eduardo Paes desembarcou no Rio e num encontro com o presidente da ALERJ e do PMDB, Jorge Picciani, disse que continuará no partido e que em outubro de 2018 vai disputar a sucessão do governador Luiz Fernando Pezão. Falou das suas pretensões políticas e embarcou de volta para os Estados Unidos.