Dia Mundial do Meio Ambiente: Câmara vota PL de Felipe Auni


Segunda-feira, Dia Mundial do Meio Ambiente promete ser bastante movimentado na sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Maricá. Ambientalistas que integram o “Movimento Itaipuaçu Que Queremos” garantem que vão ocupar todas as cadeiras da plateia para pressionar os parlamentares na votação e aprovação, em primeiro turno, do Projeto de Lei (PL) do vereador Dr. Felipe Auni (PSD) que cria o Monumento Natural do Morro da Peça, no bairro Recanto, distrito de Itaipuaçu. Aprovado, o PL vai para segundo turno e, depois, para a sanção ou não do prefeito Fabiano Horta (PT), que já demonstrou ser favorável à causa.


Num trecho de sua justificativa, o parlamentar explica que a região pretendida para a criação do monumento se constitui em um conjunto de ecossistemas de grande relevância para o município de Maricá.


“A institucionalização da área natural através da criação de uma Unidade de Conservação consolida o local como espaço público e protege os recursos naturais, históricos, culturais e paisagísticos ambientais do uso direto. Hoje, os últimos fragmentos florestais da Mata Atlântica sofrem com a especulação imobiliária em Maricá, tornando-se extremamente necessário adotar todas as medidas cabíveis visando sua proteção”, afirmou Felipe Auni que entregou o título de Honra ao Mérito de Maricá a Sardo. (foto)


Segundo o ambientalista Gerhard Sardo, coordenador do Movimento Itaipuaçu Que Queremos, a Unidade de Conservação dará proteção integral ao Morro da Peça preservando 200 mil metros quadrados do bioma da Mata Atlântica.


“Na região foram identificadas diversidades biológicas e vários ecossistemas, como zona costeira, manguezal, restinga, brejos, costão rochoso e floresta atlântica, além do valor do equilíbrio climático regional e eco paisagístico”.


Ainda em entrevista ao GBNEWS, Sardo acrescentou que com a criação do Monumento Natural serão geradas oportunidades de empregos relacionados ao desenvolvimento do ecoturismo e práticas sustentáveis no seu entorno, como o Parque Estadual da Serra da Tiririca, propiciando assim,, uma gestão ambiental integrada em Itaipuaçu.


Morro da Peça


O Monumento Natural do Morro da Peça tem área total de aproximadamente 20 hectares (20km quadrados) e, segundo o PL de Felipe Auni, entre outros, ficam proibidos:


Implantação de projetos de urbanização, novos loteamentos, condomínios e expansão ou modificação daqueles existentes; remoção da vegetação nativa; abertura de vias de comunicação e/ou ampliação das existentes; e, a implantação ou execução de qualquer atividade potencialmente poluidora do meio ambiente.


A sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Maricá começa às 16 horas. Ao todo são 17 parlamentares com direito a voto. (fotos divulgação)