Megaoperação prende traficantes na Região dos Lagos


foto reprodução


A Delegacia de Combate às Drogas (DCOD) desarticulou, na manhã de hoje, uma quadrilha de traficantes que atuava em diversas cidades da Região dos Lagos e possuía conexão com favelas do Rio como Mangueira, e Parque União e Nova Holanda, no Complexo da Maré. As ações contam com 300 agentes da Polícia Civil para cumprir 38 mandados de prisão em diversas cidades. Pelo menos até agora, 28 pessoas foram presas, alguns deles lideranças do tráfico nas regiões investigadas.


A operação acontece em Cabo Frio, Armação de Búzios, Arraial do Cabo, Rio das Ostras, Araruama na Região dos Lagos, e também em Silva Jardim, Conceição de Macabu, no Norte do estado, e em Maricá e São Gonçalo, na Região Metropolitana, além de outros locais.


A operação, chamada de Metástase, teve como principal objetivo identificar toda a cadeia criminosa que atuava nas regiões investigadas e seus integrantes. Segundo a polícia, algumas lideranças do tráfico passavam despercebidas porque não possuíam anotações criminais, se deslocando livremente sem ser incomodadas.


Além da DCOD, coordenados pelos delegados Felipe Curi e Gustavo Castro, a operação contou com 300 policiais civis de diversas delegacias do DGPE (Departamento Geral de Polícia especializada), da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) e das delegacias das regiões investigadas – 82ª DP (Maricá), 118ª DP (Araruama), 120ª DP (Silva Jardim), 122ª DP (Conceição de Macabu), 125ª DP (São Pedro da Aldeia), 126ª DP (Cabo Frio), 127ª DP (Armação dos Búzios), 128ª DP (Rio das Ostras) e 132ª DP (Arraial do Cabo).