Macaé inicia campanha de vacinação contra raiva

27.05.2017

 

Todos os anos cães e gatos devem ser vacinados contra a raiva a partir dos cinco meses de idade. Macaé não foge à regra da imunização e já preparou o calendário de vacinação antirrábica que começa nesta segunda-feira (29), na região serrana e no dia 22 de junho nos postos de atendimento da área urbana. Este ano, a meta do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) é vacinar 20.941 animais (17.702 cães e 3.239 gatos).


De acordo com o coordenador especial de Promoção da Saúde dos Animais, Rafael Amorim, a vacina é a única forma de prevenção contra a doença.

 

“Prevenir ainda é o melhor remédio. Embora, nos dias de hoje, a raiva seja uma doença controlada, ela ainda é uma grande preocupação. Incurável nos animais e fatal em praticamente 100% dos casos, a doença é uma zoonose e, portanto, também pode afetar os seres humanos. A vacina antirrábica é, ainda hoje, a sua única forma de prevenção. Assim, é preciso que os proprietários de cães e gatos levem seu animal de estimação para se vacinar”, recomendou Amorim.

 

A orientação do CCZ aos proprietários de animais é para que os cães sejam levados presos em guias e os gatos transportados em gaiolas ou caixas especiais para evitar acidentes. Caso os caninos ou felinos estejam doentes ou em tratamento de saúde devem esperar a recuperação para receber a vacina e isso vale para as fêmeas que estejam prenhas.

 

“Durante todo o período serão envolvidos seis médicos veterinários e 144 agentes de Combate a Endemias. As reações em relação à vacina são raras, mas quando ocorrem costumam apresentar dor no local da aplicação e uma febre que pode durar entre 24h e 48h. Já as reações do tipo alérgica, com vermelhidão das orelhas e inchaço do focinho são importantes e o veterinário deve ser procurado”, alertou Flávio Paschoal, coordenador administrativo do CCZ.

 

RAIVA

 

 A raiva é uma doença em que o vírus se alastra pelo sistema nervoso central de animais de “sangue quente”, domésticos ou selvagens, ou seja, cães, gatos, macacos, morcegos e outros, incluindo o homem. Ela é transmitida ao ser humano pelo contato da saliva (mordida ou lambedura) de animais que estão contaminados pelo vírus.

 

A perda de apetite, alterações de comportamento, agitação e agressividade, falta de coordenação motora, paralisia de músculos da deglutição e da mandíbula que resulta em salivação e dificuldade em deglutir são alguns sinais da raiva. Caso o animal de estimação apresente alguns destes sintomas, deve-se procurar um médico veterinário o quanto antes para iniciar o tratamento, já que em questão de onze dias o animal pode vir a óbito.

 

A vacinação antirrábica começa pela Região Serrana de Macaé no próximo dia 29, e atingirá localidades como Areia Branca, Bicudas Grande e Pequena, Sana, Frade e Trapiche, entre outras. Já na área urbana, a campanha começará no dia 22 de junho, em Imboassica e deverá prosseguir em mais de 50 locais. Nos dias de muita chuva as datas de vacinação poderão ser alteradas, nesse caso é só ligar para o CCZ, no horário comercial pelos telefones 0800-022-6461, 2772-6461 e 2796-1186.

 

Facebook
Twitter
Linkedin
Pinterest
Google+
Please reload

2017 @ TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
Desenvolvido por Paula Celestino