Pesquisa aponta Romário na frente da corrida ao Palácio Guanabara seguido de Paes e Garotinho


Palácio Guanabara sede do governo do Estado do Rio de Janeiro


Mesmo sumido nos últimos dias do noticiário político, apesar da crise que o Estado do Rio vem enfrentando e, agora com a bomba que estourou na cabeça do presidente Michel Temer (PMDB), o senador Romário Farias (PSB) está liderando pesquisas de sucessão do governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão com 16,9% das intenções de votos.


A pesquisa foi feita nos últimos dias pelo Instituto Brasileiro de Pesquisa Social que aponta o vereador Carlos Bolsonaro (PSC) em segundo com 11,4%, o ex-prefeito do Rio Eduardo Paes (PMDB) e o ex-governador Anthony Garotinho (PR), empatados em segundo lugar com 9,9% cada. O secretário de Infraestrutura do prefeito Marcelo Crivella (PRB), Índio da Costa (PSD) com 6,7%, ficou em quinto lugar na preferência do eleitorado fluminense.


O IBPS ouviu 1.208 pessoas na capital e em municípios do interior e da Região Metropolitana. A pesquisa foi estimulada, ou seja, nomes pré-estabelecidos foram apresentados à população. Também constavam na lista Bernardinho (Novo), Tarcísio Motta (Psol) e Rodrigo Neves (PV).


Já para o Senado, onde serão eleitos em outubro de 2018, dois candidatos, a deputada estadual Martha Rocha (PDT) lidera com 20,1% das intenções, seguida pelos também deputados estaduais Marcelo Freixo (Psol, 17,7%) e Flávio Bolsonaro (PSC, 13,6%).

As eleições para presidente da República, governadores, deputados estaduais, federais e senadores serão em outubro de 2018.