Vacinação contra aftosa e raiva vai até o fim do mês


Vai até o próximo dia 31 de maio, em Maricá a vacinação contra a febre aftosa e a raiva em bois e búfalos. Agora, o produtor rural do município não precisa ir mais a Niterói para emitir guias e receber orientações ou atendimento segundo a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca. Esses serviços estão disponíveis no Posto Municipal de Defesa Agropecuária (PMDA), instalado no Parque de Exposições de Maricá, que fica na Rua 1º de Maio (Caju) e funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.


Segundo o secretário Júlio Carolino, pecuaristas com até 60 animais devem se dirigir ao local para agendar a vacinação gratuita, realizada por funcionários do PMDA. “Resolvemos agir assim porque acreditamos que dessa forma vamos ter um controle melhor. Vamos aproveitar a oportunidade para realizar um recadastramento total do gado, ensinar a maneira correta para a aplicação da vacina e avaliar as condições sanitárias desses rebanhos”, disse.


Quem tem mais de 60 animais não está isento da obrigação. Deve comprar a vacina, aplicar nos animais e também se dirigir ao local para comunicar e comprovar o procedimento. Todos que descumprirem essas medidas serão multados.


Júlio Carolino disse ainda que a vacinação acontece em duas fases. “Nesta primeira etapa, todo o gado deve ser vacinado de zero a quantos meses tiver. Uma segunda etapa acontece durante o mês de novembro, mas aí só participam animais de zero a 24 meses”, completou.


A doença é altamente contagiosa e se espalha rapidamente através de alimentos contaminados ou do contato com rebanho infectado. Os animais têm febre alta que diminui após dois a três dias. Em seguida, aparecem aftas na boca, laringe, narinas, tetas, entre as unhas, na pele que circunda os cascos e articulações, causando mal estar e dificuldade na mastigação. Eles se isolam dos outros, babam, mancam, arrepiam o pelo, param de comer e beber e emagrecem rapidamente. Por isso, em caso de contaminação, a propriedade é embargada, a produção fica proibida e os animais são sacrificados.